Povos Indígenas no Brasil

Através deste espaço abordaremos a temática dos povos indígenas no Brasil. Construiremos este diálogo através de textos didáticos que possam ser utilizados em sala de aula no ensino médio.

Povos Indígenas da Zona da Mata Mineira – Os puris

Puri-Indians-BrazilEste trabalho propõe um estudo sobre os povos indígenas em Minas Gerais, especificamente, os formadores da identidade viçosense. Quando os primeiros colonizadores chegaram à região da Zona da Mata, encontraram nestas terras povos de origem Puri, grupo indígena possivelmente oriundo dos Tupis-Guaranis, que juntamente com o branco e o negro são responsáveis pela formação do povo de Viçosense.
A origem e a classificação do indígena é vista pela historiografia a partir de dois prismas. Pelo fator lingüístico, ou seja, estudando a origem da língua utilizada pelo índio, ou pelo fator biológico-cultural, que, associa as características físicas e culturais dos índios em relação aos seus possíveis ancestrais. Porém, ambos estão sujeitos a critica, pois, não explicam por si só a ancestralidade do povo indígena. Fatos como guerra e o contato com outros povos, por exemplo, também são elementos que contribuem para a miscigenação.
Ao estudar os índios que povoaram Minas Gerais, JOSÉ , afirma que as tribos pertenciam predominantemente ao grupo Jê ou Tapuia. Já na Zona da Mata Mineira havia uma exceção, a origem era Goitacá. Eram eles os croatas e puris.
Sabendo disso e pensando exclusivamente nos puris, um dos possíveis fatores que justificam sua chegada em Viçosa e região, à partir do século XVI, pode ser entendida com o episodio de 1556, lembrado por PANIAGO . A autora resgata a luta dos franceses, que contaram com a ajuda dos povos Tamoios ( que habitavam a região do Paraíba) para se instalarem no Brasil. Nesta batalha os Tamoios foram derrotados e expulsos pelas tropas de Mem de Sá em 20 de janeiro de 1567 e migraram para as terras mineiras onde encontraram os povos puris que já habitavam a região do Paraíba.
Por possuírem uma personalidade pacífica os puris acabaram sendo obrigados a deixar suas terras. Foi à partir daí que migram para o interior de Minas Gerais, instalando-se primeiramente no Vale do Rio Pomba, onde acabaram sendo expulsos pelos Goitacá de Muriaé. Em seguida procuraram refúgio nas terras altas da região de Viçosa e no Vale do Piranga.

CARACTERÍSTICAS DOS PURIS

Tudo que se sabe a respeito das características físicas e culturais dos povos puris de Viçosa e região são com base em depoimentos de famílias tradicionais e também pelos documentos deixados por fazendeiros e padres que viveram na região de Viçosa a partir do século XIX.
De acordo com JOSÉ eles se abrigavam em aldeamentos onde habitavam aproximadamente quinze a vinte índios por forquilha e gostavam de pintar o corpo, principalmente o peito, braços e pernas com finalidade de proteger contra ataques de moscas. A respeito da parte física ele pontua:

Os cropós e puris possuíam estatura ora baixa, ora mediana e eram de formas robustas, grossos e compactos, portanto, além de espadaúdos. Mediam os homens entre 1,35 m e 1,65 m de altura e as mulheres alcançavam, em média, apenas 1,40 m de altura. O peito se lhes apresentava largo e curto; grosso era-lhes o pescoço. Tinham os seios das mulheres tamanhos médios e não caíam muito. Seus ventres apresentavam-se volumosos, especialmente no meio dos puris. Tinham braços musculosos e redondos, pés estritos atrás e largos na frente e pele de coloração acobreada. Seus cabelos, de negro carregado, apresentavam-se grossos, compridos e abundantes.

Sobre o modo que lidavam com a terra JOSÉ aponta que cultivavam especialmente milho e mandioca. Eram também grandes conhecedores de ervas e sabiam produzir bebidas das mais variadas fontes.
No entanto, as características físicas e culturais dos puris vão muito além de seus hábitos alimentares e de sua forma de lidar com a terra. Por isso, é de grande importância para historiografia um estudo mais aprofundado sobre sua origem e tradição. Fontes com viajantes, atestados de óbitos que podem ser encontrados nos livros de registros do arquivo da Paróquia de Santa Rita, além de uma vasta produção bibliográfica como as de Olliam José , Paulo Mercadante , Diogo de Vasconcelos podem ser um grande começo de estudo.

Autores: Willian Vieira e Camila Andrade.

Anúncios

Um comentário em “Povos Indígenas da Zona da Mata Mineira – Os puris

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em dezembro 16, 2013 por .

Navegação

%d blogueiros gostam disto: